Huawei pode ser a primeira a lançar smartphone com 512GB de armazenamento

O registo de um dispositivo com estas caraterísticas foi detetado numa lista de equipamentos licenciados pela autoridade responsável pelas comunicações na China.
Enquanto a memória externa de um smartphone pode ser puxada até ao domínio dos terabytes, a interna ainda se fica pelo meandro dos gigabytes. As propostas mais arrojadas elevam a marca aos 256GB, mas a Huawei quer abrir um novo capítulo neste sector com o lançamento de um telemóvel que integra uma capacidade de armazenamento de 512GB.

2 Responses to Huawei pode ser a primeira a lançar smartphone com 512GB de armazenamento

  1. Buycialis diz:

    Essa falácia de “munição para um dia de combate é a mentira contada mil vezes que vira verdade. O problema do armazenamento de mísseis, em geral, é o tempo de validade do seu propelente, seja liquido ou sólido. O míssil tem que ser utilizado antes do final da sua validade. Os Matra 530F dos Mirage 2000 venceram no paiol sem nunca terem sido lançados. E vai acontecer o mesmo com os Derby.

  2. Obrigado Luiz, recebemos!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.

Translate »